Notícias

Corregedoria investiga sumiço de armas e drogas do DP de Ferraz de Vasconcelos

Desde a última sexta-feira, 28, corre a denúncia sobre o desaparecimento de 32 armas e diferentes tipos de drogas, como cocaína, maconha e crack, dos cofres da Delegacia de Polícia de Ferraz de Vasconcelos.

Luiz Carlos da Silva, escrivão, conhecido como “Mucha”, é o acusado pelo crime de “peculato” (subtração ou desvio feito pelo funcionário público que administra ou guarda os bens), ele já foi afastado do cargo de chefe do Cartório Central e será submetido a um processo administrativo.

O funcionário ficou surpreso com a acusação e sugere que outra pessoa tenha usado suas chaves ou tenha até mesmo feito uma cópia. Os itens roubados ainda não foram recuperados.


Comente!