Notícias

Tiros deixam mortos e feridos em escola pública de Suzano

Atualizado às 18h00

Por volta de 9h10 desta quarta-feira (13), tiros foram disparados na Escola Estadual Raul Brasil, localizada na cidade de Suzano.

Dois rapazes encapuzados entraram na escola e dispararam contra estudantes e funcionários. Eles utilizaram um revólver 38 e uma besta (que atira flechas).

Segundo a Polícia Militar, foram oito óbitos: cinco alunos, duas funcionárias da escola e o dono de uma loja de carros vizinha ao colégio.

Os atiradores estão mortos. Eles tiraram a própria após a chegada da policial ao local.

Também foram contabilizadas cerca de 10 pessoas feridas e encaminhadas a hospitais da cidade.

Merendeira fala sobre o pânico
“Nós colocamos os alunos dentro da cozinha e pedimos para eles deitarem no chão. Foi muito desespero, muito pânico, muita correria.”, contou Silmara Cristina da Silva de Moraes ao site do jornal O Diário. Ela trabalha como merendeira na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano.

Aluna se fingiu de morta
Uma adolescente se fingiu de morta para evitar que fosse baleada durante a ação dos atiradores na escola de Suzano, contou uma auxiliar administrativa de 30 anos, que acolheu um grupo de estudantes no escritório onde trabalha.

Leia também:

Polícia revela identidade de atiradores de Suzano

Luto em Suzano: lista com nomes das vítimas é divulgada


Compartilhe!