Notícias

Mogi das Cruzes e Suzano também devem proibir canudos de plástico em breve

Após Rio de Janeiro e Santos proibirem o uso de canudos plásticos, as demais cidades do país devem seguir o exemplo e aplicar legislações semelhantes em breve.

Fontes ligadas à Câmara Municipal de Mogi das Cruzes afirmaram que ainda não há nenhum manifestação dos vereadores sobre o tema, mas acreditam que o assunto deve ganhar relevância nas próximas semanas. O mesmo cenário parece válido para os demais municípios da região do Alto Tietê.

Em âmbito nacional, já existe um projeto de lei protocolado na Câmara Federal para impedir a fabricação e a comercialização do objeto.

O texto alega que a proibição se faz necessária por conta da demora de 500 anos para decomposição do material que é responsável por problemas ambientais e tornou-se uma ameaça à saúde das pessoas graças a produtos químicos utilizados em sua fabricação.

A nova legislação obrigaria os comerciantes a disponibilizarem canudos biodegradáveis aos seus clientes. O mercado de sustentáveis já se movimenta para atender a demanda.

Algumas empresas como McDonald’s, Disney e Starbucks se anteciparam e anunciaram que pretendem banir o objeto. O Grupo AccorHotels também lançou uma campanha para desestimular o uso dos plásticos.


Compartilhe!