Notícias

Governo de SP vai conceder estações de Mogi à iniciativa privada

No fim de janeiro, a CPTM divulgou edital de concessão de direito de uso das estações Mogi das Cruzes, Jundiapeba e Estudantes, todas da linha 11.

O vencedor terá o direito de explorar comercialmente cada área, e também de ampliar, construir e manter o espaço destinado.

O valor mínimo de contrato é de R$ 140.673.081,65 e tem investimento previsto de R$ 133.313.298,05. A concessão das três estações acontecerá em 4 de março. Serão destinadas as três em lote único.

O prazo de vigência dos contratos será de cinco anos para ampliação e construção. Já para exploração, administração e manutenção, o contrato prevê 30 anos.

Em nota, o presidente da CPTM, Pedro Moro, afirma que a concessão de três estações para a iniciativa privada é um modelo inédito e tem como objetivo aumentar a participação das receitas não tarifárias da companhia.


Compartilhe!